Palácio Topkapi – Istambul

28 mar 2016

Esta semana é a #museumweek 2016! Nós, junto com a galera da RBBV (Rede Brasileira de Blogs de Viagens), estamos participando de uma blogagem coletiva. Isso significa que vários blogueiros estarão postando sobre um tema comum: seus museus preferidos. Nós decidimos, então, falar sobre o Palácio Topkapi, em Istambul! Ao longo da semana, museus e blogueiros de todo mundo estarão participando ativamente com a #museumweek! No final do post há links para blogs que estão participando desse movimento!

O Palácio Topkapi é um daqueles lugares que justificam uma viagem. Construído no século XV, logo após a conquista otomana de Constantinopla, por três séculos serviu de residência para os sultões e suas cortes. A construção difere muito da ideia que temos de palácios, embalada por castelos europeus ou filmes da Disney. E isso decorre do fato de não ser uma arquitetura familiar a nós, ocidentais, já que construída sob os padrões islâmicos.

Duas dicas que reputamos essenciais: não deixe de reservar ao menos uma manhã ou tarde inteira para visitar o imenso museu e seu enorme acervo. Além disso, recomendamos que você procure visitar as áreas que mais lhe interessam. Como o lugar é muito grande, depois de algumas horas andando e andando já estávamos sem paciência para ver as coisas. Poderíamos ter aproveitado muito mais se tivéssemos focado no essencial. Nossa sugestão é que você dê preferência aos tesouros e ao harém. A menos que você esteja disposto a gastar um dia inteiro, não será possível ver tudo com calma em apenas um turno do dia.

A primeira coisa que você precisa saber é que para visitar todo o palácio são necessários dois ingressos: o primeiro, de 30 liras turcas, dá acesso a todas áreas, com exceção do harém. Para visitar este você precisa pagar mais 15 liras. Além disso são vendidos guias impressos e você pode também alugar um audioguia.

Palácio Topkapi

Os nossos ingressos

Palácio Topkapi

A entrada – Portão Imperial

Nós chegamos ao palácio cedo, por volta das 11h. Como fomos visitar a estação de trem (de onde saía o Expresso do Oriente – assunto para outro post), fomos caminhando na direção do museu seguindo as placas, até chegarmos a uma ladeira. Havia um serviço de carrinhos, parecidos com aqueles de golfe, que iam subindo as pessoas, mas não tomamos porque achamos que era pago (e ainda não sabemos). Ao final dessa ladeira passamos por uma espécie de posto policial e logo estávamos na entrada do palácio, absolutamente tomada por turistas. Apesar disso foi muito fácil e rápido comprar os ingressos.

É bom registrar que há um intenso procedimento de segurança. As bolsas e malas precisam ser inspecionadas e você terá que passar por detector de metais. Não é nada que o viajante não conheça, já que o procedimento é bem parecido com o dos aeroportos. Se você estiver na alta temporada, é bom saber que pode perder um tempinho nesse processo.

A primeira coisa que justifica a visita ao palácio é conhecer um pouco da arquitetura islâmica. É interessante ver como as cores se misturavam, as inscrições em letra árabe, os espaços destinados à religiosidade, como fontes para a purificação antes da oração e as mesquitas e por aí vai.

Palácio Topkapi

Portão da Felicidade – dá acesso às partes então privativas do Palácio

 

Palácio Topkapi

Palácio Topkapi

Em um dos quartos do Palácio

Além da arquitetura, o palácio conta com um grande acervo que conta a vida dentro da fortaleza, como itens de cozinha, além de tesouros e relíquias. É possível ver, por exemplo, jóias valiosíssimas, armas cravejadas de pedras preciosas, e até alguns itens de caráter religioso, como um suposto cajado de Moisés, uma espada que teria pertencido a Davi, bem como fios da barba de Maomé! Infelizmente não é possível tirar fotos nestes espaços, então não podemos mostrar pra vocês.

Em uma das salas ficava um clérigo lendo o Alcorão em voz alta. Fica um clima super diferente, meio místico. Parece que a sonoridade empurra você para dentro daquele ambiente espiritual. Foi bem marcante para nós!

Depois de darmos a volta pelo Palácio, fomos ao harém, onde viviam as muitas mulheres dos sultões! O acesso ao harém era limitadíssimo. Basicamente apenas a família do monarca e os eunucos podiam transitar por esta área.

Palácio Topkapi

Detalhes do teto de um dos quartos

Palácio Topkapi

Entrada do harém

Por fim, além de todas as coisas para se ver, é possível almoçar ou tomar um café dentro do palácio. A área próximas aos restaurantes é excelente para tirar fotos, com uma lindíssima vista do Estreito de Bósforo. Depois de uma manhã/tarde inteira pelo museu, sente-se um pouco, relaxe, e prepara-se para continuar a bateção de perna.

Palácio Topkapi

A vista incrível do Bósforo

Aqui embaixo está a lista de todos os blogs participarantes membros da RBBV. Não deixem de conferir!

Geral

A Fragata Surprise – Casas-museus: a vida cotidiana de gente muito especial

Despachadas – 5 Museus Interativos ao redor do mundo

Europa

  • Alemanha

Tá indo pra onde? – Ilha dos Museus

Viajoteca – 5 museus inusitados em Berlin

Pelo Mundo Com Vc- Museu do Holocausto ou Memorial aos Judeus Mortos da Europa

Já Fomos – Visitando o Campo de Concentração em Dachau

Pequenos pelo Mundo – Museus de  Automóveis na Alemanha

A Li na Alemanha – Museu Mercedes-Benz

  • Bulgária

Escolho Viajar – Museu Nacional de História Militar

  • Croácia

Rodinhas nos Pés – Museu Croata de Arte Primitiva

  • Espanha

Virando Gringa – Museo Atlantico

Comendo Chucrute e Salsicha – Museo de Artes y Costumbres Populares de Sevilla

Esto Es Madrid, Madrid – Museo de Altamira

Sol de Barcelona – Museu Joan Miro

  • França

Viagem LadoB – Museé D’Orsay

A Path to Somewhere – Centre Pompidou

Destinos por onde andei… – Louvre

Direto de Paris – Musée Rodin

SOSViagem – Museu do Louvre X Museu d’Orsay

Apure Guria – Antigo Egito no Museu do Louvre: incrível!

  • Grécia

Viaje Sim! – Museu Arqueológico de Delos

Fourtrip – Museus de Atenas

  • Holanda

Novo Caroneiro – Sexmuseum

  • Hungria

Juntando Mochilas – Museu do Terror

  • Irlanda

The Life of isa – 4 museus gratuitos em Dublin

  • Itália

Passeios na Toscana – Palazzo Pitti

The Nat’s Corner – Pinacoteca de Brera

Vou pra Roma – Museus do Vaticano

Roma Pra Você – Galleria Borghese

Grazie a Te – Corredor Vasariano

  • Malta

Viagens Invisíveis – Palácio dos Grandes Mestres e Armaria

  • Reino Unido

No Mundo da Paula – Museum of London

Vamos Viajar – British Museum

Segredos de Londres – Victoria and Albert Museum

Mochilão Barato – Madame Tussauds

  • República Tcheca

Trilhas e Cantos – Museu do Comunismo

  • Rússia

Love and Travel – Museu Hermitage – Rússia

Viajei Bonito – Museu da Vodka, em São Petersburgo

  • Suécia

Viajar pela Europa – Museu Vasa de Estocolmo

  •  Suíça

Carta sem Portador – Fondation Gianadda

  • Turquia

Viagem a Dois – Palácio Topkapi

Travel with Pedro – Museu de Arte Islâmica e Turca

América do Sul

  • Argentina

Sonhando em Viajar! – Buque Museo Fragata A.R.A. “Presidente Sarmiento”

  • Brasil

Coisos on the go – Inhotim

E aí, Férias! – Museu Imperial

Outro blog – Museu do Amanhã

#KariDesbrava – Museu Nacional de Belas Artes

O Melhor Mês do Ano – Museu do Futebol

Cantinho de Ná – Museu do Frevo

De Cá Pra Lá – Museu Palácio dos Bandeirantes

Viagens que Sonhamos – Fundação Iberê Camargo

Nativos do Mundo – Museu da República

Atravessar Fronteiras – CCBB – DF

Embarque neste blog – Museu Casa Guilherme de Almeida

Vida de Turista – Museu de Ciências e Tecnologia da PUC-RS

Mel a Mil pelo Mundo – Museu Julio de Castilhos

Devaneios de Biela – Museu Oscar Niemeyer (Museu do Olho)

Tirando Férias – Museu de Zoologia da USP

Viagem em Detalhes –  Museu Catavento – Espaço Cultural da Ciência

D&D Mundo Afora – 9 museus no Brasil

Estrangeira – Museu Histórico de Alcântara

Viajar hei – Os melhores museus para levar as crianças entre Rio e São Paulo

  • Chile

Gastando Sola Mundo Afora – Museo Chileno de Arte Precolombino

  • Peru

De Mochila e Caneca – Museu da Inquisição

América do Norte

  • Estados Unidos

Família Viagem – Fernbank Museum of Natural History

Janela para o Mundo – Graceland

RenataPereira.tv – Bibliotecas e Museus presidenciais nos EUA

Aquele Lugar – Museu do Ar e Espaço

Fica Dica Viagens – Vizcaya Museum

Casal Califórnia – Museus no Balboa Park

Malas e Panelas – The Broad Museum

Felipe, o pequeno viajante – Museu de Anchorage, Alaska

Ideias na mala – Melhores Museus de San Francisco

  • México

Viagem de Fuga – Museu Frida Kahlo

Uzi Por Aí – Museu Soumaya

Eu sou à toa – Casa-museu de Frida Kahlo e Casa-estúdio de Diego Rivera

Ásia

  • China

Like Wanderlust – Museu Qin e os Guerreiros de Terracota

  • Vietnã

Brazuka – Museu da Guerra (War Remnants Museum)

  • Japão

A Aventura Começa – Museu Meijimura

Oceania

  • Australia

Coordenadas do mundo – Museu de Arte Contemporânea

 

Esperamos que tenham curtido e ano que vem tem mais!! 🙂
Banner 300x250


Faça seu seguro viagem com a Real Seguro Viagem

Reserve seu hotel no Booking ou Hoteis.com.

Alugue seu carro na RentalCars.


Nos siga no Twitter: @blogviagemadois

Instagram: @blogviagemadois

Snapchat: viagemadois

Facebook: https://www.facebook.com/ViagemADois

Inscrição para Newsletter


Powered by Benchmark Email



Booking.com

Publicado por Rachel e Luciano Guedes

Somos um casal apaixonado por viagens e que compartilha relatos e dicas voltados, não exclusivamente, para programas românticos. Todas as nossas dicas são baseadas em nossas experiências.

Siga
Snapchat
viagemadois

comentários

  1. Pingback: Museu Joan Miró: cor e sonhos - Blog de Turismo Barcelona

  2. Pingback: Museu D'Orsay Em Paris, O Que Ver | Viagem LadoB

  3. Pingback: Blogagem Coletiva – Museum Week: Meijimura | A Aventura Começa

  4. Pingback: Inhotim: o museu que combina arte e natureza a 1 hora de BH | Coisos on the go

  5. Pingback: Museu Zoologia Da USP | Tirando Férias | Blog De Viagens

  6. Pingback: Antigo Egito no Museu do Louvre: incrível! - Apure Guria!

  7. Pingback: Museu Do Louvre X Museu D’Orsay: Qual Visitar Em Paris? | SOSViagem

  8. Pingback: Museu da Frida Kahlo: La Casa Azul – Viagem De Fuga

  9. Pingback: O Que Fazer Em Atlanta: Fernbank Museum Of Natural History | Família Viagem

  10. Que lindo!! Só a entrada desse museu já vale a pena!! Adorei!!! Super anotado!!

  11. Pingback: Casas-museu de Frida Kahlo e Diego Rivera na Cidade do México

  12. Pingback: Paço do Frevo: espaço exclusivo dedicado ao ritmo pernambucano - Cantinho de Ná

  13. Pingback: Museu da Guerra na Cidade de Ho Chi Minh no Vietnã | Blog Brazuka

  14. Pingback: O outro museu Rodin - Direto de ParisDireto de Paris

  15. Assim que as coisas se acalmarem em Istambul este museu será visitado, rsrs Valeu pela dica

    • Pois é.. triste como as coisas andam por lá porque não só esse museu mas a cidade toda é incrível!

    • É lindo mesmo. Vale a ida em Istambul só por conta dele. 🙂

  16. Que lindo,e essa entrada? Um verdadeiro Castelo!! Turquia tá na nossa lista de viagem, espero que em breve!!!

    • É uma viagem surpreendente! Amamos a Turquia! <3

  17. Adoro esses museus que já serviram de residência para as pessoas, o clima é totalmente diferente! E esses itens raros… uau!

    • Dá um ar de mais realista as coisas, né? Pensar que pessoas viveram ali, a gente adora também! 🙂

  18. Pingback: Museum Week: Guerreiros de Terracota – Like Wanderlust

  19. Pingback: Blogagem Coletiva #MuseumWeek - Rodinhas nos Pés

    • Pode!!! Você nos cede um quartinho? Acho que não fará falta… 😉

  20. Pingback: Museu da Inquisição de Lima, terrível lembrança de uma época sombria.

  21. Lindo!! Os detalhes da arquitetura são fantásticos!

  22. Pingback: Museum of London - No Mundo da Paula

  23. Só a arquitetura valeria a viagem, mas confesso que fiquei curioso para ver as tais relíquias !!!

    • É uma pena não poder fotografar, mas o acervo do museu é incrível mesmo! Vale a viagem mesmo! 🙂

    • Rachel e Luciano Guedes
      12 abr 2016

      O lugar é incrível mesmo! =)

  24. Pingback: Destaques da Semana 80: os blogueiros da RBBV e a #MuseumWeek | RBBV – Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem

    • Rachel e Luciano Guedes
      12 abr 2016

      Ficamos felizes que tenha gostado! <3

  25. Pingback: O outro museu Rodin – Direto de Paris

    • Rachel e Luciano Guedes
      12 abr 2016

      Vale cada investimento, a cidade é surpreendente! =)

  26. Pingback: Fondation Gianadda, em Martigny: um museu, cinco coleções – Carta sem Portador

  27. Que lugar lindo! Istambul tá na minha wishlist já faz tempo. Talvez ano que vem…

  28. Pingback: Centre Pompidou: o incrível Museu de Arte Moderna de Paris - A Path to Somewhere

  29. Pingback: Mercedes-Benz Museum em Stuttgart [Blogagem Coletiva] - Contando Destinos

  30. Pingback: Visitando o Campo de Concentração em Dachau - #museumweek - Já fomos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *