Quatro horas em Salamanca – Road Trip, dia 7

02 maio 2017

A nossa road trip continua e nossa próxima parada é Salamanca. Nossa passagem pela cidade foi muito rápida e já adiantamos que a cidade merece muito mais tempo. Veja como foram nossas quatro horas em Salamanca e o nosso roteiro.

Sábado de manhã tomamos a estrada rumo a Salamanca, nossa última parada antes de voltar a Portugal. Fizemos o trecho a partir de Madri em cerca de 2h30m, chegando na cidade na hora do almoço. Não tivemos nenhuma dificuldade em encontrar uma vaga para o carro em uma das ruas do entorno da Plaza Mayor. Logo que estacionamos encontramos uma lanchonete de uma rede de fast food e comemos por ali mesmo, para não perdermos tempo e podermos aproveitar nossa única tarde na cidade.

Nossa primeira parada foi na Plaza Mayor, onde fica o escritório local de turismo. Aproveitamos para garantir nosso mapa e tentar montar um trajeto que cobrisse as principais atrações de Salamanca. A praça em questão teve sua construção iniciada ainda no século XVIII, sendo um bom exemplo da arquitetura ibérica barroca. Dentre os prédios que cercam a praça destaca-se aquele que abriga a prefeitura. Se estiver com tempo vale a pena parar para um café enquanto se observa o movimento.

Caminhamos, então, na direção da Catedral de Salamanca, passando em frente ao belíssimo edifício da Universidad Pontificia de Salamanca, conhecido como La Clerecia, e pela famosa Casa das Conchas. Esta é, em verdade, um palácio urbano do século XVI, decorado por centenas de conchas, símbolo da família proprietária. Queríamos muito visitar, mas estava fechada para restauração e tivemos de seguir em frente. Já o edifício sede da universidade funciona em um antigo colégio jesuíta, construído entre os séculos XVII e XVIII.

Chegamos então à Catedral, ou melhor, às Catedrais. Sim, no plural, porque são duas, uma chamada Velha e outra Nova, que se comunicam. A visita se inicia pela Catedral Velha e termina pela Nova, custa 4,75 euros e é fornecido um audioguia. Se você for daqueles que, como o Luciano, gosta de ouvir todas as informações, corre o risco de esquecer da hora. A Catedral Velha, em nossa opinião mais bonita e imponente, foi construída entre os séculos XII e XIII, em estilo românico com traços de gótico. A Catedral Nova foi construída entre os séculos XVI e XVIII e parece ser mais iluminada. Infelizmente não houve tempo suficiente para visitarmos os claustros.

Quatro horas em Salamanca

A Catedral

Quatro horas em Salamanca

Detalhes do exterior da Catedral

Quatro horas em Salamanca

Uma das capelas da Catedral velha

Quatro horas em Salamanca

Um pedaço da Catedral Nova

Da Catedral fomos até o Paço das Escolas, onde fica a entrada principal da Universidade de Salamanca (edificio de Escuelas Mayores). A universidade é muito famosa por ser a mais antiga universidade da Espanha e também uma das mais antigas de toda a Europa. O destaque fica com a belíssima fachada do edifício, que esconde um sapo. Diz a lenda que apenas aqueles que foram capazes de encontrar o anfíbio logram aprovação nos exames. E se não fosse pela irmã da Rachel estaríamos até agora procurando o tal sapo. Difícil, viu? 😉 Nossa visita ao interior do prédio também ficou adiada em virtude de nosso pouco tempo em Salamanca.

Quatro horas em Salamanca

Fachada da faculdade

Quatro horas em Salamanca

Você consegue achar o sapo?

Quatro horas em Salamanca

Plaza Mayor

Nossa passada na cidade foi relâmpago. Não recomendamos fazer esse roteiro correndo, ficando só as quatro horas em Salamanca. A cidade tem muito mais a oferecer e, sem dúvidas, merece mais tempo! Foi uma escolha infeliz que tivemos que fazer por conta do tempo apertado. Mas fica a vontade de voltar o mais breve possível e conhecer a cidade com calma.

A esta altura já caía à tarde e precisávamos voltar para o carro de modo a chegar a Guarda, onde dormiríamos, em tempo de conseguir um hotel e jantar. Encerramos, assim, nossa passagem pela terra de Cervantes.

Booking.com

Publicado por Rachel e Luciano Guedes

Somos um casal apaixonado por viagens e que compartilha relatos e dicas voltados, não exclusivamente, para programas românticos. Todas as nossas dicas são baseadas em nossas experiências.

Siga
Snapchat
viagemadois
Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *