Tudo o que você precisa para sua viagem a Europa

18 set 2015

Estamos a um mês de embarcar para nossa próxima viagem! Dessa vez iremos para a Europa. E toda vez que nosso destino é o velho continente, tomamos alguns cuidados. Hoje resolvemos compartilhar nossas dicas com tudo o que você precisa para sua viagem a Europa. Vamos falar daquilo que consideramos indispensável para sua viagem.

  • Passaporte e visto

O passaporte é um documento indispensável para quem deseja fazer uma viagem a Europa. Também é exigido de nós, brasileiros, que o passaporte esteja válido por seis meses a partir da data de entrada. Por exemplo: se você vai aterrisar na Europa em 10 de outubro, seu passaporte precisa vencer depois de 10 de abril. Essa exigência é válida para quem vai ficar uma semana ou para quem pretende ficar 3 meses. Então, não esqueça de verificar o seu passaporte.

Em regra turistas brasileiros não precisam de visto para entrar nos países europeus.

  • Imigração

Em razão do tratado de Schengen, há uma grande área de livre circulação na Europa, composta por 26 países. São eles: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Países Baixos, Polônia, Portugal, República Checa, Suécia e Suíça.

Se você estiver transitando entre estes países, só precisará passar pela imigração no ponto de entrada. Por exemplo: se você estiver indo para a França em um voo da Iberia, sua conexão será feita em Madri. Logo você passará pela imigração na Espanha e, ao desembarcar na França, não precisará passar por nenhum outro tipo de controle migratório. Se o seu destino final, no entanto, for a Inglaterra, você terá que passar pela imigração britânica, pois o Reino Unido não aderiu ao ponto do tratado que trata da livre circulação de pessoas.

É bom registrar que, em circunstâncias excepcionais, os países podem restabelecer os controles fronteiriços. É o que temos visto nas últimas semanas em razão da crise de refugiados. Quem estiver viajando pela Europa nas próximas semanas deve estar atento.

As pessoas têm muitas dúvidas em relação ao que fazer e como se comportar quando estiver passando pelo oficial de imigração. Nós sempre levantamos a bandeira de falar a verdade. Tenha em mãos suas reservas de hotel, passagens aéreas ou de trem, algum dinheiro em espécie, cartões de crédito e comprovante de emissão do seguro-saúde. Nunca nos foi solicitado, mas se você estiver com tudo isso em mãos, dificilmente será barrado.

Tem receio de falar uma outra língua? Priorize voos da companhia TAP. Sua imigração será em Portugal e em português! 😉

A Fernanda do blog Preciso Viajar, fez um ótimo post com dicas da imigração na Europa. Passa lá para conferir: “Imigração na Europa: o que você precisa saber “.

  • Seguro saúde

Este item é uma outra exigência do tratado de Schengen. Brasileiros que forem a Europa (principalmente nos países que integram o tratado) precisam de um seguro saúde com cobertura mínima de 30 mil euros. É um item de porte obrigatório e o agente de imigração pode solicitar que você mostre seu voucher. Caso você não tenha o seguro, mil possibilidades se abrem, inclusive uma possível deportação. Não vale a pena querer economizar exatamente nessa parte, né?

Seguro viagem geral 728x90

Usando o seguro na Itália

Usando o seguro na Itália

Fizemos um post com dicas de “Como escolher um seguro viagem” e outro post explicando nossa parceria com a Seguros Promo!

 

  • Documentos e reservas

A impressão das reservas e outros documentos é bastante útil. Além de poder ser necessária a apresentação na imigração, pode ser útil para indicar o endereço a um taxista ou para comprovar no hotel que você tem uma reserva, especialmente se você não fala inglês ou a língua local. Além disso, a bateria do celular ou do tablet sempre acaba nas horas mais impróprias.

o que você precisa para sua viagem a Europa

Nossos bilhetes de trem

  • Segurança

Quando se pensa em Europa pensamos em modelo de segurança. Achamos que nunca seremos assaltados ou furtados. Mas a verdade é que não é bem assim. Embora não seja comum acontecerem crimes violentos, há muitos relatos de furtos e pequenos golpes. Nós mesmos já sofremos uma tentativa de furto na Itália e há diversos posts de blogueiros contando sobre situações semelhantes na França, na Espanha etc. Então, não é por estar na Europa que deve relaxar com a sua segurança.

O Ducs Amsterdam tem um ótimo post contando sobre os golpes mais comuns na Europa: ” Golpes e ciladas em cima de turistas na Europa“.

  • Transporte

Há diversas formas de locomoção entre um país e outro. A mais comum na Europa é o trem. E realmente, eles são super rápidos, baratos e muito confortáveis. Caso você prefira o deslocamento de avião, há algumas companhias low cost que podem valer a pena em distância maiores. Uma dessas companhias é a Ryanair. Vale lembrar que nessas companhias os preços são baratos mas é preciso gastar alguns bons euros para despachar. E a bagagem de mão é fiscalizada, nada de exagerar e querer levar tudo na mão.

Aqui você pode ver nosso post “De trem pela Itália“. Tudo o que você precisa para sua viagem a Europa está nesse post? Se não, compartilha conosco!

 



Banner 728x90

Publicado por Rachel e Luciano Guedes

Somos um casal apaixonado por viagens e que compartilha relatos e dicas voltados, não exclusivamente, para programas românticos. Todas as nossas dicas são baseadas em nossas experiências.

Siga
Snapchat
viagemadois

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.