Onde se hospedar no Deserto do Atacama – Tierra Atacama – Review

16 out 2015

Fotos. Tudo começou com elas. A paisagem deslumbrante e diferente de tudo que já tinha visto, registrada nas redes sociais, me conquistou. O Chile já era o destino escolhido para as férias, e o deserto mais seco do mundo, localizado no norte do país, estaria no nosso roteiro. Vamos ao Atacama!!

Se você tomou ou vai tomar a mesma decisão que eu, provavelmente vai também levar o mesmo susto quando começar o planejamento: uma chuva de informações, relatos, críticas, recomendações, e, principalmente… DÚVIDAS! Pra começar, a hospedagem: a região tem uma arquitetura toda peculiar… todas as construções, por exemplo, são feitas de adobe, uma mistura de pedra, barro e palha típica – ou seja, são estruturas bastante simples; como “meca” de mochileiros do mundo todo, os hostels e hospedarias estão espalhados por San Pedro, mas eu confesso a vocês que já não encaro mais o ritmo “banheiro compartilhado/água fria/bicama” e afins. Meu perfil já é outro hoje em dia… não preciso de nenhum luxo, mas numa viagem de férias, com meu marido, uma cama confortável, com lençóis limpos e um bom chuveiro quentinho para relaxar no final do dia são imprescindíveis! Ainda mais para nós, que aqui estamos neste blog, buscando boas dicas para desfrutar uma “Viagem a Dois”, né?! 😉

E ainda tinha mais: agência de turismo para cada passeio (eles só podem ser feitos com guias locais, já que exigem muito conhecimento da região, duram muitas horas, em condições adversas de clima e altitude e exigem algum preparo físico), transfer (o aeroporto mais perto está a uma hora de carro de distância, em Calama), alimentação (as críticas sobre as opções de restaurante e tipo de comida não eram as melhores). Ou seja, muita coisa para definir. Detalhe: a moeda “oficial” lá é o dólar.

Até que o Tierra Atacama apareceu em nosso caminho e TODAS as preocupações estavam resolvidas. O hotel segue a linha All Inclusive, e esse All é All mesmo! Passeios, alimentação, transfer… até filtro solar, protetor labial e garrafinha d’água, eu descobriria depois. Na hora de ir embora, comentei com meu marido que, se eu achava que já conhecia, ali tinha experimentado um atendimento de excelência pela primeira vez na vida. A preocupação com o hóspede vai da hidratação à possíveis alergias na hora de preparar o cardápio. Sabem o que é um gerente que te recebe por nome na porta do carro, apresenta todas as instalações pessoalmente (que incluem hotel e spa) e depois vai diariamente à sua mesa saber como está a estadia e a opinião sobre os serviços prestados? O Nicholas Russ me deixou impactada com seu carinho e simpatia – e o tratamento era o mesmo com absolutamente todos!

Na chegada, depois de todas as apresentações do gerente, você é encaminhado a um Concierge de Expedições, que vai descrever, através de um mapa na parede, todas as opções de passeios, considerando seu perfil, preparo físico e aclimatação à altitude. Você tem direito a um passeio integral ou dois passeios de meio período por dia – alguns incluem uma refeição no local (café da manhã, almoço ou brunch). Com o roteiro definido, seu único trabalho é estar na hora marcada na recepção. Ali, um guia poliglota – alguns são formados em geologia e biologia – estará te esperando para te conduzir, numa van, à aventura do dia, junto ao seu pequeno grupo – no meu caso, vários passeios foram “individuais”. É o começo de uma aula de organização e informação. Inclusive, se no meio do passeio sua reserva pessoal de água acabar ou uma fome bater, eles estão preparados com água gelada para reposição, refrigerantes, sucos e até barrinhas de proteína e chocolate… ouvi de uma hóspede que, numa visita aos Geisers, onde enfrentamos temperaturas abaixo de zero, até calças extras foram oferecidas pelo guia. :O

Em um dos nossos passeios

Em um dos nossos passeios

A arquitetura e decoração são um caso à parte. Eu chamaria de “Rústica Sofisticada”, marcada pelo bom gosto e conforto. A área comum tem uma enorme sala dividida em recepção, sala de tv (é a única, já que tv’s no quarto fugiriam da política do hotel, que é de imersão total na experiência), living com lareira, bar (onde são oferecidos sucos e outros tipos de bebidas o dia inteiro) e restaurante. Na parte externa, varanda com espaços de descanso, mais uma lareira – essa acesa toda noite – piscina fria, piscina aquecida, sauna, jacuzzi e spa (pago a parte). Tudo isso sob os olhares atentos do imponente Vulcão Licancabur.

Piscina

Piscina

Recepção

Recepção

Quero mais o que?

Quero mais o que?

Pra quem gosta de gastronomia, o restaurante é ótimo! Cada refeição tem 2 opções de entrada, 3 de prato principal e 1 sobremesa do dia, considerando sempre sua indicação de possíveis alergias. Eu que  tenho o paladar meio infantil, confesso, às vezes recorria a um menu alternativo, que está disponível no almoço e jantar, com grelhados e acompanhamentos, sanduíches e afins. Bebidas, incluindo os mais variados tipos de vinho, cerveja, suco, refrigerantes e coquetéis, estão liberadas. O café da manhã é buffet americano, com frutas, pães, frios, sucos e iogurtes.

Tierra Atacama V

Sobremesa

Tierra Atacama III

Além de gostoso é bonito!

Tierra Atacama IV

Uhmm!

Olha esse picnic com essa vista.. <3

Olha esse picnic com essa vista.. <3

Chegando, finalmente, ao nosso quarto incrível, ficamos no apartamento Oriente, lugar perfeito para uma lua-de-mel aventureira… Super romântico! A cama – maior que já dormi na vida – tem dossel… bem princesa! Enorme e super confortável! Uma bancada com mini-escritório e lavabo,  e um ambiente reservado para toillete com uma ducha interna e outra ao ar livre. Tem ainda uma varanda deliciosa para relaxar vendo a paisagem singular da região. Há opções de quartos maiores, para famílias de até 6 pessoas. Não à toa, quando foi aberto, em 2008, o hotel entrou tanto na Hot List da Condé Nast Traveler quanto na It List da Travel + Leisure.

Quarto

Quarto

Banheiro

Banheiro

A varanda básica

A varanda básica

Fiquei 4 dias, recomendo que esse seja o mínimo pra quem pretende conhecer o Atacama e principalmente, aproveitar as dependências do hotel. Nas suas tardes livres, pegue também uma bicicleta (estão disponíveis para os hóspedes gratitutamente) e conheça os encantos do pequeno Centrinho de San Pedro, que fica a 15 minutos do hotel, pedalando, ou a 5 de carro (eles também oferecem transfer pra lá).

O preço, segundo o site do próprio hotel (cuidado com cobranças abusivas em algumas operadoras de internet) é fixo e a reserva pode ser feita direto com eles, sem taxas extras. O período que fiquei, por exemplo, sai a US$1990. Pra quem me pergunta se vale o que se gasta, respondo que deve-se encarar como um investimento. E sim, vale! Lógico que é possível fazer essa viagem gastando menos… como eu disse, a região é destino certo de mochileiros e turistas mais aventureiros, dispostos a encarar qualquer sacrifício para economizar. Pra mim, que tenho poucos dias de descanso no ano, tranquilidade e segurança não tem preço. O Tierra Atacama me proporcionou uma experiência que vou guardar na memória eternamente! Sem dúvida, as melhores férias da minha vida, vivenciadas com muito conforto e organização… momento de apenas curtir e desfrutar uma natureza que deixa qualquer um sem fala… mas isso é assunto para outro post. 😉

Na minha página do Facebook, preparei um Vlog contando todas as minhas impressões desta experiência incrível! O primeiro capítulo está no ar… Convido todos que tenham interesse nesse destino, a me seguirem e acompanharem em Facebook.com/aurorabellooficial

Taí pra vocês o que prometi… #VLOGDEVIAGEMÉ uma experiência nova, que quero ver se vocês gostam. Como sabem, tirei f…

Posted by Aurora Bello on Quarta, 14 de outubro de 2015

Veja o hotel no Booking e no Hoteis.com 😉

Obrigada Equipe Tierra, meu oásis no deserto!!!

Tierra Hotels

http://www.tierrahotels.com/

reservas@tierrahotels.com

Chile: +56 222078861|Toll Free USA: 1 800 829 5325

*Aurora Bello viajou a convite do Tierra Atacama.

Seguro viagem geral 728x90

 

_____

Nos siga no Twitter: @blogviagemadois e @aurora_bello

Instagram: @blogviagemadois e @aurorabello

Facebook: Viagem a Dois e Aurora Bello

Snapchat: viagemadois e aurora_bello


Powered by Benchmark Email



Find-the-Perfect-Hotel 468x60

Publicado por Aurora Bello

Aurora Bello tem 30 anos, é jornalista e apresentadora de TV. Assume-se, sem constrangimento, completamente viciada em viagens. Desfruta cada processo, do planejamento minucioso por conta própria, à execução do roteiro, incluindo o mergulho em novas culturas e na rotina dos locais. Já passou por 12 países, centenas de cidades, e vive ansiosa pelo próximo destino.

Siga
Snapchat
viagemadois

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.