Como alugar carro na Alamo nos Estados Unidos

21 ago 2019

Sempre que possível nós viajamos para a Flórida. Seja para ir para Disney (amamos), uma praia em Miami Beach ou até mesmo para uma road trip. Mas sempre que viajamos para lá alugamos um carro. Neste post, vamos compartilhar todos os detalhes de como alugar carro na Alamo e porque sempre alugamos com eles.

Quem já alugou carro nos Estados Unidos muito provavelmente já passou por cobranças indevidas no cartão de crédito. As empresas costumam te forçar a contratar seguros extras, upgrade de veículos, tanque de combustível etc. Inclusive já aconteceu conosco: a atendente embutiu um seguro não obrigatório sem nos comunicar. Aproveitou a diferença na língua para nos passar a perna. Quando entregamos o carro no aeroporto, vimos um valor exorbitante e não sabíamos o porquê da cobrança. Foi um verdadeiro estresse tentar conseguir explicações e mais do que isso, anular essa cobrança extra. Por isso, que sempre tentamos não passar no balcão das locadoras de carro.

Desde que descobrimos o check-in online da Alamo, só temos fechado o aluguel de carro com eles. Para nós, esse é um item primordial. Podemos pagar até um pouco a mais no aluguel (é raro, mas tem vezes que acontece) mas fechamos com eles. Primeiro porque conseguimos fazer toda essa parte burocrática online, como informar número de  carteira de motorista, adicionar segundo condutor e até mesmo indicar o cartão de crédito para garantia. Mas o melhor de tudo é que esse check-in online dispensa a ida ao balcão. Quando o check-in é finalizado, você recebe uma confirmação no seu e-mail, com a qual você consegue ir direto para o pátio pegar o carro!! É muito bom porque evita todo aquela comunicação com alguém que quer te cobrar mais e, ainda por cima, em outro idioma.

Voucher da operadora quando alugamos o carro

alugar carro na Alamo

Check-in feito, só ir retirar o carro

Mas até agora não contamos como fechamos o carro, né? Vamos lá.

Nas nossas últimas viagens, optamos por fechar com uma operadora parceira. Para quem não sabe, a Rachel também atua como agente de viagens, então sempre fazemos por esse meio. Nós costumamos fazer assim porque é onde encontramos o melhor preço com seguros incluídos. Já tivemos problema com uma locadora que disse que danificamos o carro (o que, na nossa opinião, não tinha acontecido) e, como estávamos sem seguro, precisamos desembolsar o valor do conserto, um valor que chegou a bater mil reais. Depois disso só viajamos com os seguros incluídos!

Outra maneira que já utilizamos é  a Rentcars, a nossa parceira aqui do blog para aluguel de carros! Com eles vocês também conseguem alugar na Alamo. Só não sabemos se pelo link você consegue fazer o check-in online, pois nunca tentamos. Inclusive, se você tem experiência com isso, compartilhe conosco!

Veja dicas de “Como economizar na Disney“.

Outra coisa boa de alugar carro na Alamo é que todos os veículos já saem com Toll Pass, o pedágio eletrônico, ativo. Não se preocupe: você só paga se usar. A Alamo possui o melhor preço das locadoras: 2 dólares por dia utilizado (mais o valor do pedágio, obviamente), com um teto de 6 dólares por semana. Acaba compensando muito para quem vai pegar a Florida’s Turnpike, a principal estrada, que liga a Flórida de norte a sul. Vale ressaltar que esse pedágio eletrônico é importante porque nos primeiros 75km ao sul, de Florida City até Fort Lauderdale, o trecho é todo por cobrança eletrônica, não existindo a opção de pagamento em dinheiro. Essencial para quem faz o trecho Miami-Orlando. Vale lembrar que a cobrança tanto da taxa, como a do pedágio, vem no cartão crédito cadastrado na locadora.

Vale ressaltar algumas regras para locação de carro nos Estados Unidos para quem não está acostumado a dirigir lá:

  • A maioria das locadoras tem idade mínima para locação de 21 anos. Até os 25 anos, muitas cobram taxa extra. É importante ficar de olho na hora da reserva.
  • Apenas motoristas listados no contrato podem dirigir o veículo.
  • A reserva precisa estar no nome do motorista principal e este possuir um cartão de crédito em seu nome.
  • Algumas locadoras fazem o bloqueio de valor no cartão de crédito como garantia (caução). Na hora da devolução do carro o valor é estornado.
  • Se passar pelo balcão, fique bem atento a todos os papéis que você assinar. Os atendentes costumam ser rápidos para embutir taxas extras, então leia tudo com muita calma!
  • Caso viaje com crianças não deixe de conferir as regras de cada estado para a utilização de cadeirinhas/booster.
  • Em alguns aeroportos, a Alamo já tem um totem como opção ao atendimento presencial, inclusive com opção de português. É mais uma opção caso você não queira fazer o check in online, mas também não queira passar pelo balcão!

Em nossa opinião, a Alamo está anos-luz à frente das outras locadoras. Desconhecemos esse sistema em outras locadoras. É por isso que sempre damos preferência para alugar carros com a Alamo!! Inclusive, se você tiver alguma dica para compartilhar, escreva aqui nos comentários!!

Se quiser uma cotação de carro, mande e-mail para rachel@viagemadois.com que encontramos o melhor preço para você! 🙂

Publicado por Rachel e Luciano Guedes

Somos um casal apaixonado por viagens e que compartilha relatos e dicas voltados, não exclusivamente, para programas românticos. Todas as nossas dicas são baseadas em nossas experiências.

Siga
Snapchat
viagemadois

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.