Lagoa Termas Parque

07 abr 2016

Chegamos ontem aqui a Caldas Novas. Aproveitamos o feriado municipal de Santo André para tirar uma mini-férias e vir conhecer essa cidade que há tempos estava na nossa lista. Hoje foi dia de conhecer o Lagoa Termas Parque, um dos muitos parques de Caldas Novas.

O nome do parque se deve ao fato de ali ficar a Lagoa Quente de Pirapitinga, um dos primeiros lugares onde foram encontradas fontes de águas quentes na região de Caldas Novas, ainda no século XVIII. Outro destaque é o Poço do Cozinha Ovos, onde a água brota a mais de 50ºC. Você chega a queimar os pés ali! Curiosamente o rio que passa ao lado do poço tem águas frias.

Lagoa Termas Parque

Luciano no cozinha ovos

Lagoa Termas Parque

Na beira do rio

O parque fica bem perto da região hoteleira. Saímos do hotel por volta de 9:15 e chegamos lá cerca de 09:30h, meia hora depois do horário de abertura. Foi bem tranquilo. Achamos vaga para estacionar na rua e não precisamos pagar estacionamento. Não tinha fila para comprar bilhete. Como já tínhamos comprado ingressos, fomos encaminhados direto para a entrada.

O ingresso regular custa 75 reais. Eles chamam de Day Use Adulto. Mas o parque oferece vários tipos de desconto, como para funcionários públicos, estudantes e idosos. O aniversariante do dia e crianças de até 10 anos não pagam. Quem entra depois das 13h paga apenas 50 reais. Também há alguns pacotes que incluem refeições.

Já sabíamos que Caldas Novas tinha muitos parques e não conseguíamos definir qual visitaríamos. Nossa ideia inicial era ficar no hotel, mas queríamos explorar outros lugares, até para poder compartilhar a experiência no blog. Nós decidimos visitar o parque só ontem à noite, quando estávamos no hotel decidindo o que faríamos. O Luciano pesquisando na internet acabou achando essa promoção no Peixe Urbano. Lemos as regras e vimos que já poderíamos usar hoje. Pagamos apenas 68 reais para dois, menos da metade do preço do site. Ótimo, né? Não foi preciso trocar o voucher pelo ingresso, por isso fomos direto para a entrada com o celular e não tivemos nenhum problema.

Lagoa Termas Parque

A placa de preços na bilheteria

Lagoa Termas Parque

Bilheteria vazia

É comum nesses parques aquáticos você guardar suas coisas em um armário. No Lagoa Termas Parque o aluguel custa 20 reais, mas 10 reais são devolvidos para você  com o retorno do cadeado. Nós não utilizamos o armário porque achamos desnecessário, mas o parque não estava cheio. Além disso, o armário é bem pequeno.

Para consumir no parque é preciso adquirir um cartão de consumação. Funciona assim: você coloca um valor (em dinheiro, cartão de débito ou crédito) e fica com o saldo no cartão. Do valor depositado, cinco reais ficam retidos como   caução. Esse valor é devolvido, junto com o que você não utilizar, quando da devolução do cartão. Se o saldo for superior a 20 reais, eles cobram uma taxa de 10%. Esse cartão de consumação é a única forma de comprar as coisas no parque. Nós o utilizamos para almoçar e comprar bebidas ao longo do dia. Caso o seu crédito acabe, você pode recarregar em pontos específicos.

A comida do parque não foi cara. Nós pagamos 22 reais em um prato feito, que eles chamam de executivo. Comemos arroz, feijão, filé de frango (tinha opção de contra filé, peixe ou strogonoff), fritas, salada e uma sobremesa. A comida era bem razoável e valeu a pena. Durante o dia pagamos 2,50 reais pela água e 5 (Sprite, Kuat e Fanta) ou 6 reais (Coca-cola) pelo refrigerante. Vimos que tinha pastel por 5 reais e uns espetinhos de carne com acompanhamento por 12 reais.

Lagoa Termas Parque

Nosso prato

As águas quentes são o maior atrativo, claro. Mas também há piscinas com águas mais mornas e uma com água mais fresquinha. Aproveitamos bastante para relaxar, principalmente naquelas cascatas.. delícia!

Além das piscinas o parque possui vários toboáguas e inclusive alguns brinquedos mais radicais: o Hot Half, uma rampa parecida com aquelas de skate onde você desce com uma bóia; o Ciclone, cujo nome é auto-explicativo; e o Autorama, um tobogã de alta velocidade. Também existe uma área própria para crianças.

Lagoa Termas Parque

Uma das piscinas

Lagoa Termas Parque

Um dos toboáguas

Lagoa Termas Parque

A parte mais radical

Lagoa Termas Parque

Nós dois curtindo o dia!

Por fim, o único ponto negativo: a Rachel machucou o pé (um microcorte), mas que estava incomodando. Fomos ao ambulatório para fazer um curativo, mas não havia ninguém por lá. Nada que prejudicasse nosso passeio.

Adoramos nosso dia lá e fica a sugestão para quem visita Caldas Novas. Não deixe de entrar no link do Peixe Urbano e ver se a promoção ainda está no ar. 🙂



Banner 300x250


Faça seu seguro viagem com a Real Seguro Viagem

Reserve seu hotel no Booking ou Hoteis.com.

Alugue seu carro na RentalCars.


Nos siga no Twitter: @blogviagemadois

Instagram: @blogviagemadois

Snapchat: viagemadois

Facebook: https://www.facebook.com/blogviagemadois

Powered by Benchmark Email

Booking.com

Publicado por Rachel e Luciano Guedes

Somos um casal apaixonado por viagens e que compartilha relatos e dicas voltados, não exclusivamente, para programas românticos. Todas as nossas dicas são baseadas em nossas experiências.

Siga
Snapchat
viagemadois

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.