Porque Coimbra merece mais que um bate e volta

23 mar 2017

Muita gente que visita Portugal inclui Coimbra no roteiro. No entanto costuma-se dedicar apenas um dia à cidade, seja fazendo uma daytrip, seja parando por aqui no caminho entre o Porto e Lisboa. Hoje queremos trazer razões pelas quais Coimbra merece mais que um bate e volta.

Primeiramente, Coimbra é uma cidade cheia de história. Da época do Império Romano temos o aqueduto (Arcos do Jardim), reformado por Dom Sebastião, próximo á Universidade. Por três séculos a cidade esteve sob domínio muçulmano, sendo retomada a cristandade apenas em 1064. Coimbra veio depois a se tornar capital de Portugal e o Rio Mondego, durante algum tempo, marcou a fronteira entre as civilizações cristã e islâmica.

Veja Como chegar em Coimbra: 4 opções.

A cidade hospeda alguns dos monumentos mais importantes do país. A Universidade de Coimbra é a primeira universidade lusófona e uma das mais antigas de todo o mundo. O passeio pelo Paço do Colégio, seu edifício-sede, inclui a famosa Biblioteca Joanina. A linda biblioteca, construída no século XVIII e cheia de detalhes em ouro, hospeda obras raríssimas, algumas das quais essenciais para o desenvolvimento da língua portuguesa, como a primeira edição de “Os Lusíadas”. Além da biblioteca vale visitar a Capela de São Miguel e a Sala do Capelo, onde ocorrem as cerimônias de doutoramento.

Mas a cidade vai muito além da Universidade. Dentre as igrejas merecem destaque, em nossa opinião, a Sé Velha, a Sé Nova, e a Igreja de Santa Cruz, onde está sepultado o primeiro rei de Portugal. O Museu Machado de Castro é essencial para compreensão da história da cidade. Também é preciso subir ou descer a Rua do Quebra-costas e caminhar pela Baixa da cidade, conhecendo seu comércio e observando os estudantes da universidade caminhando com suas capas. Do outro lado do Mondego, destacam-se os Mosteiros de Santa Clara-a-Velha e Santa Clara-a-Nova. Para os miúdos (crianças), Portugal dos Pequenitos.

Coimbra merece mais que um bate e volta

A famosa Universidade

Coimbra merece mais que um bate e volta

Coimbra vista de cima ainda mais linda

Coimbra merece mais que um bate e volta

O Mosteiro de Santa Clara-a-Velha

Outra razão para incluir Coimbra no roteiro, especialmente se você estiver planejando uma viagem romântica, é a história de Pedro e Inês de Castro. Pedro, então príncipe, era apaixonado por Inês, dama de companhia de sua mulher. Após a morte da esposa, Pedro passa a viver maritalmente com Inês, contrariando a vontade da família e da população. Dom Afonso, rei e pai de Pedro, determina a morte de Inês. Enfurecido com o assassinato da amada, Pedro lidera uma revolta contra o pai e, dois anos mais tarde, quando assume a Coroa, ordena que todos aqueles que participaram da execução de sua amada sejam mortos e tenham os corações arrancados. Alegando que tinha se casado secretamente com Inês, determina sua coroação póstuma e o traslado dos restos mortais para o Mosteiro Real de Alcobaça.

Para visitar esta história, temos o Castelo de Montemor-o-Velho, de onde Dom Afonso determinou a execução de Inês. O Castelo fica a 40 minutos da cidade. Em Coimbra mesmo fica o Penedo da Saudade, onde supostamente Pedro chorava a morte da amada. E, finalmente, a Quinta das Lágrimas, lugar dos encontros românticos entre Pedro e Inês onde hoje funcionam um hotel de luxo e o considerado melhor restaurante da cidade.

Coimbra merece mais que um bate e volta

Castelo de Montemor-o-velho, de onde saiu a ordem para matar Inês

Coimbra merece mais que um bate e volta

E se esse pôr-do-sol não te convencer…

Isso porque nem chegamos a mencionar os restaurantes e pastelarias da cidade, assunto para um próximo (ou próximos) posts. Espero que com esse post você venha com mais calma e confira que Coimbra merece mais que um bate e volta realmente! 🙂



Booking.com

Publicado por Rachel e Luciano Guedes

Somos um casal apaixonado por viagens e que compartilha relatos e dicas voltados, não exclusivamente, para programas românticos. Todas as nossas dicas são baseadas em nossas experiências.

Siga
Snapchat
viagemadois
Tags:

Veja também:

comentários

    • Rachel e Luciano Guedes
      27 mar 2017

      Oba!! Obrigada, Natalie! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.