Bogotá: Cerro de Monserrate

30 abr 2013

O Cerro de Monserrate é o ponto mais alto de Bogotá, sendo uma montanha andina de 3.152 metros de altitude. Sua fundação foi em 1640 e até hoje peregrinos e viajantes fazem deste um dos pontos mais visitados de Bogotá.

Há duas formas de transporte até o topo: o teleférico e o funicular. O teleférico funciona de segunda a sábado, das 12h às 23h e domingos de 6:30h até as 17:30h. Já o funicular funciona de segunda a sábado 7h até 11:45h, aos domingo de 5:30h até as 17:30h e feriados de 6h até as 17:30h.

O ingresso diurno custa COP 15.400 ida e volta, o noturno COP 17.000 ida e volta e as domingos COP 9.000 também ida e volta. Ao comprar o ingresso você pode utilizar qualquer um dos serviços para subir e descer.

Quando fomos lá, subimos de funicular e descemos de teleférico. A subida é bastante ingrime, logo se você não gosta de altura, melhor ir bem para trás do carro e não ficar olhando muito para a paisagem, pois o funicular sobe bem! Mas a vista é linda, cheia de verde. Há diversas espécies de plantas e flores.

Ao concluir a subida, você deverá tomar uma via de pedestres que leva até a Igreja que existe lá em cima. Por ali já será possível bater fotos lindas! Aproveite para admirar as esculturas que, ao longo da subida, representam as estações da via-crúcis. Para os mais religiosos, há missas em diversos horários ao longo do dia.

Lá no cume há dois restaurantes (Casa San Isidro e Casa Santa Clara) e o santuário. Claro que também a belíssima vista de Bogotá. Nós não comemos nada por lá, apenas tomamos um café em uma cafeteria que lá havia.

Subindo de funicular

Subindo de funicular

Vista de Bogotá

Vista de Bogotá

Cerro Monserrate

A vista de um dos restaurantes

 

Cerro Monserrate

Nós!

 

Cerro Monserrate

Na escada do Santuário

 

Cerro Monserrate

Ticket de retorno

 

Uma dica é escolher um dia bem bonito, que com certeza, fará toda diferença. Ficamos esperando o dia bonito e ele não apareceu, infelizmente, por isso acabamos indo no último dia da nossa viagem.

Uma informação bastante relevante é em relação a táxis.  Nós ouvimos e lemos o tempo todo para se tomar cuidado com os taxistas na Colômbia. Não tivemos nenhum problema com nenhum táxi que pegamos na rua EXCETO com esse último que pegamos na saída desse passeio. O motorista foi esperto, e nos enrolou dizendo que não havíamos pago o valor, que em vez de dar X valor demos Y. Preste muita atenção na hora de pagar e evite ao máximo pegar táxis em porta de pontos turísticos pois esses “malandros” ficam posicionados estrategicamente.

Informações úteis:

Endereço: Carrera 2 Este, 21-48, Paseo Bolivar.

Transporte público: Estação Las Aguas do Transmilenio.

______

Nos siga no Twitter: @blogviagemadois

Instagram: @blogviagemadois

Facebook: https://www.facebook.com/ViagemADois

E assine nossa newsletter aqui.

Publicado por Rachel e Luciano Guedes

Somos um casal apaixonado por viagens e que compartilha relatos e dicas voltados, não exclusivamente, para programas românticos. Todas as nossas dicas são baseadas em nossas experiências.

Siga
Snapchat
viagemadois

Veja também:

comentários

    • Rachel e Luciano
      02 maio 2013

      Que feliz Natalie, MUITO obrigada!! =D

  1. Geraldo Frederico
    21 fev 2016

    Rachel e Luciano.

    Qual o valor de uma corrida e taxi para o Montesserat? Quanto tempo é gastp para visitação?

    • Rachel e Luciano Guedes
      28 fev 2016

      Oi, Geraldo. Tudo bem? Nós, infelizmente, não lembramos quanto foi a corrida de táxi. Quanto ao tempo de visitação isso é muito particular, mas nós gastamos umas 2h. Paramos para tirar fotos, tomar café etc. Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.