Dicas do leitor: Pernambuco

10 jan 2014
Recebemos este post maravilhoso por e-mail de uma leitora nossa. Portanto hoje quem invade o blog é a Priscila Resinentti. Ela escreveu sobre sua viagem a Pernambuco com marido e depois com a mãe! Fica a vontade, Priscila, a casa é sua! 🙂

Eu e o Dudu também adoramos viajar! No Brasil, a região nordeste tem um gostinho especial para nós, então, decidimos contar um pouco sobre a nossa experiência em Pernambuco (2012).

Ficamos hospedados no hotel Dan Inn por três motivos básicos: ótima localização (de frente para o mar), estrutura e serviços de boa qualidade e ótima relação custo/benefício.

Pernambuco

Vista do quarto

 No primeiro dia fomos à Praia dos Carneiros. O lugar é encantador! Praia mansa e cercada por recifes de corais, tornando-a ótima para um bom mergulho. Além disso, são disponibilizados passeios de lancha e barco que levam, por exemplo, às regiões de banho de argila. É muito legal e faz bem para a pele!!! Lá, há apenas um restaurante: o Bora Bora.

Pernambuco

Banho de argila

No segundo dia, fomos à Porto de Galinhas. No século XIX, foi um porto para desembarque clandestino de escravos (chamados de “galinhas” pelos comerciantes para disfarçar o comércio). A praia tem águas cristalinas, sendo possível nadar com pequenos peixes coloridos e muitas outras espécies marinhas. Lá, são oferecidos passeios de jangada que levam aos recifes (é preciso ficar atento à tabua de marés e aos horários). Dica de bióloga: quanto mais perto do valor zero, melhor para ver as piscinas naturais!

Ah, não deixe de comprar lá o famoso bolo de rolo! É o local com os mais deliciosos e preço mais justo.

Pernambuco

Gostei tanto de Pernambuco que repeti a dose com a minha mãe em 2013. Dessa vez, acrescentei mais dois passeios:

1) Igarassu e Itamaracá

Igarassu é uma das mais antigas cidades históricas do Brasil, onde está localizada a Igreja dos Santos Cosme e Damião, de 1535, considerada a mais antiga do Brasil.

Itamaracá é uma ilha linda, onde também se encontram opções de esportes náuticos, o Forte Orange – construído pelos holandeses no século XVII – e o Centro do Peixe-boi .  Ah, não deixe de saborear os pratos a base de camarões!

Centro do Peixe-boi.

Centro do Peixe-boi.

2) Praias do Cabo de Santo Agostinho

São famosas por suas belezas naturais, águas mornas e cristalinas. Vale investir no passeio de buggy pelas praias da região (Cabo de Santo Agostinho e Calhetas) e passeio de catamarã pelas praias de Paraíso e do Francês e também pelos manguezais. A vista do mirante é inesquecível!

Pernambuco

Espero que tenham gostado! Depois, enviaremos dicas de um passeio delicioso no Pantanal!

Beijos!

Priscila é professora de Ciências, Biologia e Ensino Religioso. Faz doutorado na área de Educação e ama ecoturismo! Dudu é analista de mercado e um apaixonado por viagens, principalmente as que envolvem praias e mergulhos!

 

______

Nos siga no Twitter: @blogviagemadois

Instagram: @blogviagemadois

Facebook: https://www.facebook.com/ViagemADois

E assine nossa newsletter aqui.

 

Publicado por Rachel e Luciano Guedes

Somos um casal apaixonado por viagens e que compartilha relatos e dicas voltados, não exclusivamente, para programas românticos. Todas as nossas dicas são baseadas em nossas experiências.

Siga
Snapchat
viagemadois

Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.