Dois dias em Veneza – parte dois

20 maio 2014

Esta é a segunda parte do relato de nossa viagem à Veneza. Para acessar a primeira parte, clique aqui.

No sábado acordamos cedo e fomos logo bater perna pela cidade. Começamos tirando fotos dos canais e das ruelas da cidade. Algumas são tão estreitas que é possível se pendurar nas paredes.

Pelas ruas de Veneza

Pelas ruelas de Veneza

DSC_0059

Camilla posando para uma ótima foto jacu

Nosso primeiro ponto de parada foi a Scuola Grande di San Rocco, que abriga obras de Tintoretto. Luciano pagou dez euros e Rachel, por ser menor de 26 anos, oito euros.

Scuola Grande di San Rocco,

Scuola Grande di San Rocco,

Nossos ingressos

Nossos ingressos

Continuando nossa caminhada, avistamos uma espécie de barraca de feira dentro de um barco, e compramos uns morangos enormes e deliciosos!

Os morangos deliciosos!

Os morangos deliciosos!

Fomos então até a Accademia (o ingresso custa 15 euros). O museu tem por foco a arte veneziana abrangendo desde o período bizantino até o século XVIII.

Accademia

Accademia

Em frente à Accademia há uma ponte de onde é possível tirar fotos lindíssimas do Grande Canal. Aqui um senhor muito simpático nos abordou e se ofereceu para tirar fotos. Pena que, ao final, pediu dinheiro pelo serviço. Nessa ponte há muitos cadeados com os nomes de casais apaixonados.

Alguns dos cadeados

Alguns dos cadeados

Descendo a ponte, vimos uma gôndola encostada e resolvemos consultar o gondoleiro. Fechamos o passeio por 60 euros. O percurso é lindíssimo e vale muito a pena! Mas como não estávamos próximos da San Marco, não passamos por baixa da Ponte dos Suspiros, como desejávamos.

Veneza e seu romance! <3

Veneza, seu romance e nós! <3

A vista pelo canal é muito bonita.

A vista pelo canal é muito bonita.

Findo o passeio, caminhamos até a Praça San Marco. Dali, fomos para a “orla” de Veneza. É um espaço lindíssimo, com diversos cafés, lojas de souvenires e até um parquinho para as crianças. Conseguimos fotos belíssimas ali.

Lindo, não?

Lindo, não?

Frio? Imagina..

Frio? Imagina..

Os barcos

Os barcos

Chegamos, então, ao belíssimo Palazzo Ducale. O ingresso custa 16 euros, mas vale a pena! Fundado no século IX, sofre intervenções nos séculos XIV e XV, resultando na sua aparência de hoje. O palácio guarda inúmeras obras de arte. Não deixe de passar pela Ponte dos Suspiros. Esta ponte recebe este nome por ser o local por onde os condenados suspiravam por saber ser a última vez que veriam a luz do dia.

Palazzo Ducale

Palazzo Ducale

Palazzo Ducale

Palazzo Ducale

Ponte dos Suspiros

Ponte dos Suspiros

Início da noite paramos em uma confeitaria para tomar um café e esperar a hora de irmos à Chiesa della Pietà, para assistir a “Quatro Estações” de Vivaldi, interpretada por músicos venezianos.

“Quatro Estações” de Vivaldi

“Quatro Estações” de Vivaldi

Terminada a apresentação, e já exaustos, tomamos o Vaporetto rumo ao hotel. No dia seguinte, nosso destino foi Verona. Para ler sobre nosso passeio a Verona, clique aqui.

 
______

Nos siga no Twitter: @blogviagemadois

Instagram: @blogviagemadois

Facebook: https://www.facebook.com/ViagemADois

E assine nossa newsletter aqui.

Publicado por Rachel e Luciano Guedes

Somos um casal apaixonado por viagens e que compartilha relatos e dicas voltados, não exclusivamente, para programas românticos. Todas as nossas dicas são baseadas em nossas experiências.

Siga
Snapchat
viagemadois

Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.