Museus em Bogotá

22 fev 2013

Um dos nossos primeiros passeios em Bogotá foi visitar o Museu Botero, localizado em La Candelaria (o centro histórico da cidade). Com entrada grátis, é um ponto imperdível para nós, turistas! Isto porque lá estão expostas mais de cem obras doadas por Fernando Botero, considerado um dos artistas latino-americanos mais importantes, senão o mais importante da atualidade. Além de obras do colombiano, conhecido pelos gordinhos de suas pinturas, é possível encontrar obras de Picasso, Renoir, Monet e outros. O museu é mantido pelo Banco de la República.

Monalisa by Botero
Outra obra de Botero

O Museu Botero possui exposições permanentes e temporárias. Mesmo que você não seja fã de museus, vale a pena “ganhar” uma horas por lá, pois o acervo é muito rico e as obras de Botero são divertidas.

Só uma anotação: todos os visitantes são revistados ao entrar.

Por dentro do museu se pode chegar a Casa da Moeda (Casa de la Moneda), cujo acesso também é gratuito. O lugar conta com exposições de artes plásticas, mas o ponto alto é a Coleccíón Numismática. Trata-se de uma exposição que conta a história do dinheiro colombiano, expondo moedas e notas utilizadas no país desde o início do século XVII.

Saindo da Casa da Moeda e andando no sentido da Plaza Bolívar, passa-se em frente ao Centro Cultural Gabriel Garcia Marquez, batizado em homenagem ao ícone da literatura latino-americana. Não entramos no Centro Cultural, mas no prédio há uma livraria imensa com títulos das mais diversas áreas do conhecimento. Também é possível fazer uma pausa para experimentar o tradicional café Juan Valdez. Mais acima da rua, temos o Museu da Independência, que também ficou para uma próxima visita.

Há 700 metros dali, subindo a Carrera 7, chegamos ao Museo del Oro. O ingresso custa COP 3.000, mas é gratuito para menores de 12 e maiores de 60 anos de idade. Este museu, sozinho, já justifica uma viagem a Bogotá.

A exposição principal se divide em quatro áreas: El Trabajo de Los Metales, que fala do processo de mineração e beneficiamento do metal; La Gente y El Oro, que aborda a vida social e cultural dos habitantes da Colômbia pré-hispânica; Cosmologia y Simbolismo, sobre os mitos e crenças dos indígenas; e La Ofrenda, a cerimônia realizada pelo cacique para restaurar o equilíbrio das coisas.

O museu impressiona, seja pelo valor incalculável de todas aquelas obras, seja pela complexidade de peças elaboradas há milhares de anos atrás. É possível ter uma pequena ideia do valor das riquezas extraídas da América Espanhola rumo à Europa e do quão avançada era a civilização esmagada pelo colonizador.

Em uma das salas de exposição as portas de cofre.

 

Uma das peças em ouro

Ao lado do Museu do Ouro fica o Museo Internacional de La Esmeralda. Optamos por não visitá-lo, mas se você estiver disposto, deve aproveitar. A Colômbia é a maior produtora de esmeraldas do mundo.

Mais informações:

Museo Botero e Casa da Moeda
Endereço: Calle 11 4-41, Bogotá
Telefone: (571)3431212
 
Museu do Ouro
Endereço: Carrera 5 esquina de la calle 16, Bogotá
Call center: (571)3432222 
______

Nos siga no Twitter: @blogviagemadois

Instagram: @blogviagemadois

Facebook: https://www.facebook.com/ViagemADois

E assine nossa newsletter aqui.

Publicado por Rachel e Luciano Guedes

Somos um casal apaixonado por viagens e que compartilha relatos e dicas voltados, não exclusivamente, para programas românticos. Todas as nossas dicas são baseadas em nossas experiências.

Siga
Snapchat
viagemadois

Veja também:

comentários

  1. Puxa, muito legal o blog de vcs! Eu e meu esposo adoramos esse museu! Mas gostamos mais ainda da praça em Medellin que tem as esculturas de Botero, gordas, enormes e lindas! A Colômbia é maravilhosa – adoramos Cartagena tb, vcs foram lá?Bjs

  2. Oi Juliana, fomos a Cartagena sim, nos encantamos muito, muito linda, né? Em breve começaremos a falar de lá! Espero voltar em breve pra Colômbia!!! =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.