Três dias em Bangkok – parte 3

07 abr 2015

Esse post é a continuação de dois outros posts. Clique para ver Três dias em Bangkok – parte 1 e Três dias em Bangkok – parte 2.

Decidimos começar nosso terceiro dia de viagem indo ao Wat Arum, um dos mais importantes templos budistas de Bangkok. Para chegar lá, usamos o Chao Phraya Tourist Boat, cujo passe de dia inteiro custa 150BH. Tomamos o barco no sentido do Central Pier e descemos na parada de número 8. Essa parada fica na margem do rio oposta àquela em que fica o templo. Para cruzar o rio, é preciso mudar de píer e tomar uma espécie de balsa que faz a travessia.

A entrada no Wat Arum custou 50BH. Aqui, como nos outros templos, há uma certa restrição com o vestuário, mas há possibilidade de alugar roupas. Como era o dia do Ano Novo tailandês, o templo estava lotado de turistas e locais celebrando a data. Havia muita gente fazendo oferendas e orações e o local estava bastante decorado.

A subida é bastante íngreme e foi bem puxada para nós (totalmente fora de forma). Mas vale o esforço, já que de cima do templo tem-se uma linda vista do Rio Chao Phraya e da cidade de Bangkok!

Wat Arum

Oração

Rachel na frente do templo

Rachel na frente do templo

A subida super ingrime

A subida super íngrime

Bangkok vista de cima

Bangkok vista de cima

Ali mesmo decidimos fechar um passeio pelos klongs de Bangkok. Negociamos, como tivemos de aprender a fazer desde o início da viagem, e fechamos um passeio de uma hora ao custo de 150BH por pessoa. Esse passeio, na nossa opinião, é uma roubada. Até que foi divertido considerando que, em razão do feriado, havia muitas pessoas nas casas, que se divertiam jogando água nos turistas. Mas o passeio não mostra nada de muito interessante.

 

klongs de Bangkok

klongs de Bangkok

No vídeo abaixo um pouco da nossa saga em andar de barco em pleno ano novo. Fomos molhados algumas vezes! 🙂

Terminado o passeio tomamos o barco e fomos até a parada onde fica o terminal do Skytrain. O bilhete é pago em função da distância e operar a máquina é meio complicado. O ideal é dizer para onde que ir na bilheteria e pagar o preço informado pelo atendente (pagamos 34BH). Tomamos o trem para o Central World Plaza, um dos principais shoppings de Bangkok, onde aproveitamos para comer algo mais ocidental. O shopping possui lojas de diversas redes internacionais, como a japonesa Uniqlo.

Por fim, caminhamos até o Pantip. O Pantip é um shopping especializado em eletrônicos, onde se pode encontrar quase tudo. Aqui são vendidos computadores, máquinas fotográficas, aparelhos de som, celulares etc. Os preços são bastante convidativos, mas é preciso tomar cuidado com a pirataria. Existe uma loja especializada em Apple onde dois dos nossos companheiros de viagem compraram iPhones com preços inferiores aos praticados nos Estados Unidos.

Depois que terminamos as compras, decidimos tomar um táxi e voltar ao hotel. Em razão do feriado, não conseguimos nenhum carro que fizesse a corrida pelo taxímetro e acabamos acertando o valor da corrida com o motorista. Descansamos um pouco no hotel e fomos para a Khaosan Road aproveitar o Ano Novo tailandês, sobre o qual falaremos em um outro post.

 


______

Nos siga no Twitter: @blogviagemadois

Instagram: @blogviagemadois

Facebook: https://www.facebook.com/ViagemADois

E assine nossa newsletter aqui.

Publicado por Rachel e Luciano Guedes

Somos um casal apaixonado por viagens e que compartilha relatos e dicas voltados, não exclusivamente, para programas românticos. Todas as nossas dicas são baseadas em nossas experiências.

Siga
Snapchat
viagemadois

Veja também:

comentários

    • Nós também, mas achamos que ficamos pouco tempo. Queremos voltar com mais tempo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.