Sagrada Família em Barcelona

31 jan 2017

Acho que tudo que lemos na vida sobre a principal obra de Gaudí, a Sagrada Família, em Barcelona, não foi suficiente para nos preparar para essa visita. Definitivamente a Sagrada Família é o auge de sua genialidade. Visitamos muitas igrejas lindíssimas na Espanha. Algumas mais austeras, outras mais luxuosas. Mas nada pode ser comparado ao que vemos ali. A entrada é cara mas vale cada centavo, mesmo que você não seja religioso! 

A Sagrada Família está em construção desde 1882. E a previsão de término é 2026, ano do centenário da morte de Gaudí (ele morreu em 1926 em frente a obra, atropelado por um bonde). As obras são feitas com doações anônimas e com a arrecadação da venda de ingressos. Gaudí dizia que o dono da obra (Deus) não tem pressa e por isso queria fazer tudo com calma.

Em construção até hoje!

O templo, como o nome diz, foi dedicado à Sagrada Família, ou seja: Jesus e seus pais terrenos, Maria e José. Dentro da Basílica se pode ver as imagens de São José e da Virgem sob as entradas da Natividade e da Paixão, e o Cristo crucificado sobre o altar. O projeto é encantador. Atualmente há duas faixadas prontas: a do nascimento de Jesus e a da paixão. A fachada da Glória, a terceira e última, começou a ser construída recentemente. Quando fizer a visita, preste atenção na riqueza de detalhes das estátuas e tente identificar as passagens do Evangelho ali retratadas. Na fachada da natividade é possível identificar, por exemplo, a anunciação, o nascimento de Jesus, a adoração dos pastores, os reis magos etc. A fachada da Paixão, a seu turno, possui imagens do Cristo flagelado, crucificado, da traição de Judas. São conjuntos extremamente simbólicos e cheios de detalhes. 

Mais detalhes do altar

A fachada da Paixão

Um exemplo: a torre maior, central, dedicada a Jesus Cristo será sustentada por quatro torres menores, já construídas, que representam os quatro evangelistas. Ao lado, uma torre dedicada à Virgem Maria. Em torno, mais doze torres, representando os doze apóstolos.  

A grande inspiração de Gaudí sempre foi a natureza e isso fica bem nítido na Sagrada Família. Por exemplo: ele concebeu a parte interior da basílica como uma grande floresta, em que as colunas fazem a função de troncos de árvores. Para tanto ele escolheu materiais diferentes para cada coluna, de modo a simular a diversidade existente em um bosque. As cúpulas, por sua vez, funcionam como copas de árvores, filtrando a luz que atinge o interior do templo. Por falar no interior acho que essa foi a parte mais chocante para nós. É incrível! E muito rica em detalhes. Os vitrais ficam divididos em dois lados: um lado com cores frias e outro com cores quentes. 

O interior

Nessa foto dá para ver as cores

Uma das inspirações de Gaudí

Uma coisa bem interessante é que Gaudí está enterrado lá. E nós achamos isso lindo, afinal esse foi o projeto em que ele mais se dedicou, além de ter sido ele mesmo um católico devoto. 

Como estávamos com o press card do Visit Barcelona, tínhamos direito ao ingresso básico, de 18 euros. Mas acabamos pagando a diferença e pegando o ingresso completo com audioguia e visita a uma das torres. E valeu cada centavo. Nós visitamos o lado mais recente da obra, o da Paixão. Para visitar a torre, você precisa marcar um horário. Nesse horário você precisa estar na entrada especifica da sua torre. Não pode subir com mochilas ou bolsas muito grandes, mas são disponibilizados armários para guardar seus itens (você vai precisar de uma moeda de 1 euro, que é devolvida no final). A subida é feita de elevador. Subimos até o topo da torre e descemos as escadas. A visita é assim, descendo. Não há nenhum píer, ou local para ver tudo. Tudo o que você vê é por dentro da torre. Mas o interessante é que a escada é em formato espiral, então você consegue ter um visual 360 de Barcelona e claro, ver mais detalhes da obra.

A vista lá de cima

E os detalhes que conseguimos ver melhor

Na escada

O outro lado da vista

Já a visita com o audioguia enriquece muito a visita. Tem opção de português e no valor está incluído o fone de ouvido. Para utilizar o audioguia é bem simples. Há sete pontos de explicações. Eles são bem sinalizados (são iguais ao da foto abaixo). Para ouvir é só você digitar o número e em seguida apertar a tecla Play. Só isso. O audioguia é interessante pois acaba falando sobre curiosidades e detalhes que passariam desapercebidos. Por exemplo: uma das estátuas da fachada da paixão tem o rosto de Gaudí. Para devolver o audioguia é só colocá-lo nessas caixas vermelhas que ficam bem próximas à saída.

O audioguia

Os pontos para ouvir

A caixa para devolução

E para terminar a visita há um museu que conta um pouco da história da construção. Você consegue ver uma parte dos escritório de hoje em dia, mais detalhes de quando o Papa Bento XVI a consagrou como basílica, algumas plantas originais e muitas outras curiosidades. Além do museu há também o espaço que Gaudi construiu para ser a escola dos filhos dos trabalhadores. Lá tem o escritório da obra também, é bem interessante. Se você não pegar o audioguia recomendamos muito visitá-lo. Fica abaixo da lojinha, bem perto do banheiro.

A sala de aula projetada para os filhos dos trabalhadores

O antigo escritório

E o atual

Como falamos no início do post, os ingressos são caros. Há várias categorias de ingressos e consequentemente os preços variam muito. Se você quiser visitar só a Igreja o valor é de 15 euros. Caso queira incluir um audioguia (com opção de português), você paga 22 euros. Há também a opção de você subir em uma das torres e para isso o valor do ingresso custa 29 euros sem o audioguia ou 35 euros com o audioguia. Esses valores são para compras feitas pela internet. Para comprar os ingressos lá na porta, os valores são um pouco mais caros. Acesse o site do Visit Barcelona e compre seus ingressos.

É altamente recomendável comprar os ingressos com antecedência caso você viaje em alta temporada. É uma das atrações mais visitadas da cidade e pode acontecer de você não conseguir os ingressos para o dia desejado ou mesmo não conseguir visitar a Basílica. 

Mesmo depois deste post, esse passeio pode te surpreender. Em cada visita é possível perceber detalhes e fazer novas descobertas. E você? Já foi? Nós conte sobre a sua experiência! 🙂



Banner 728x90

Publicado por Rachel e Luciano Guedes

Somos um casal apaixonado por viagens e que compartilha relatos e dicas voltados, não exclusivamente, para programas românticos. Todas as nossas dicas são baseadas em nossas experiências.

Siga
Snapchat
viagemadois
Tags:

Veja também:

comentários

    • Rachel e Luciano Guedes
      06 fev 2017

      Que bom que você pode ver um pouquinho através do post! Mas oh ao vivo é muito mais bonita.. hihihi!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.