Finalmente Maya Bay: nosso passeio pelas ilhas Koh Phi Phi

14 maio 2015

No post de hoje vamos contar sobre nosso passeio pelas ilhas Phi Phi, com destaque para Maya Bay, o lugar que mais queríamos conhecer na Tailândia.

Ainda na noite de segunda procuramos uma das muitas agências em Phi Phi para contratar um passeio de dia inteiro pelas ilhas da região. Como sempre acontece na Tailândia, barganhar é preciso. Depois de alguma negociação fechamos um passeio privativo ao custo de 5.400BH.

Koh Phi Phi

Os barcos do passeio era exatamente assim

O pessoal da agência nos propôs que saíssemos bem cedo, pois a parte da manhã é o melhor momento do dia para visitar a Baía: ainda são poucos os turistas e a maré está favorável. A maioria dos passeios regulares parte da ilha e das cidades próximas por volta das 9h. Encontramos o barqueiro na porta da loja por volta das 8h e às 8:30h já estávamos no barco rumo a Maya Bay, a primeira parada do dia.

Graças a Deus, o dia estava lindo. O mar ficou com uma cor fantástica e, de fato, não havia muitos turistas quando aportamos na mundialmente famosa “A Praia”. Ficamos ali por cerca de 1h para mergulho e fotografias. Há uma pequena barraca onde se pode comprar água e refrigerantes.

Não deixe de fazer a pequena trilha que leva até a parte de trás da ilha, de onde você poderá avistar a Coral Bay.

Koh Phi Phi

Rachel no paraíso

Koh Phi Phi

Nossa marca registrada

Koh Phi Phi

Não precisa de legenda, né?

Koh Phi Phi

A água é cristalina

Koh Phi Phi

Coral Bay

Saindo da praia, o barco deu a volta na ilha e parou em Coral Bay, numa área calma para que fizéssemos snorkel. Não muito dado a cuidados ambientais, nosso guia jogava pão na água para que os coloridos peixes se aproximassem de nós. Para alegria da Rachel, esses peixes não encostavam nas pessoas, mas chegavam próximos o suficiente para garantir boas fotografias.

Koh Phi Phi

O visual de tirar o fôlego

Koh Phi Phi

Lugar especial

Koh Phi Phi

Peixinhos

Koh Phi Phi

Mergulhando

Após, fizemos um trajeto maior, passando pela Viking Cave, passando por fora de Ko Phi Phi Don (a ilha onde ficam os hotéis), e seguimos para Bamboo Island, outra ilha paradisíaca. Ali ficamos algum tempo relaxando na praia, mas acreditamos que as fotos descrevem o lugar melhor que qualquer texto.

Nesta ilha funciona uma barraca-restaurante, que vendia refrigerantes por 60BH e hambúrgueres a 80BH.

Koh Phi Phi

Viking Cave

Bamboo Island

Bamboo Island

Bamboo Island

Bamboo Island

Bamboo Island

Bamboo Island

Já passando do meio-dia, o barco começou o caminho de volta para a ilha principal, com uma última parada em Monkey Beach, que ganhou esse nome em virtude dos macacos que ali habitam. Os primatas, dezenas deles, ficam ansiosos à espera dos turistas e correm atrás das guloseimas trazidas pelos visitantes. Se você estiver com uma lata de refrigerante na mão, corre o sério risco de ser atacado por um deles. Aqui ficamos apenas uns dez minutos. Esta não é uma praia para mergulho ou banho de sol.

Monkey Island

Monkey Beach

Nosso passeio terminou por volta das 14:30h. Exaustos, resolvemos aproveitar um pouco a piscina do hotel e, depois, fazer uma relaxante massagem. A mais simples, escolhida pelo Luciano, custou 300BH, e a mais completa, feita pela Rachel, 450BH. Terminamos nosso dia jantando em um restaurante supostamente italiano, bem do gênero pega-turista.

______

Nos siga no Twitter: @blogviagemadois

Instagram: @blogviagemadois

Facebook: https://www.facebook.com/ViagemADois

E assine nossa newsletter aqui.

Publicado por Rachel e Luciano Guedes

Somos um casal apaixonado por viagens e que compartilha relatos e dicas voltados, não exclusivamente, para programas românticos. Todas as nossas dicas são baseadas em nossas experiências.

Siga
Snapchat
viagemadois

Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.